quinta-feira, 28 de abril de 2016

GOLS: Salgueiro 1 (4) x (5) 0 Sport


Sport derrota Salgueiro nos pênaltis e disputa final do Estadual com o Santa

Salgueiro x Sport (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
(Foto: Aldo Carneiro)
Assim como aconteceu no domingo passado, quando o Sport decidiu a vaga na final da copa do Nordeste nos pênaltis, contra o Campinense, o Leão precisou voltar para a marca da cal neste domingo, de olho na final do Campeonato Pernambucano. E ao contrário do que aconteceu pa Paraíba, agora conseguiu avançar nas cobranças e vai decidir o estadual contra o Santa Cruz. Os rubro-negros venceram por 5 a 4. No tempo normal, o Salgueiro jogou melhor e repetiu o 1 a 0 conquistado pelo Leão na Ilha do Retiro. As partidas finais, entre rubro-negros e tricolores, acontecem nos dias 4 e 8 de maio. 

O Sport volta a jogar agora na próxima quinta-feira, quando recebe o Aparecidense-GO, na Ilha do Retiro. O jogo é válido pela Copa do Brasil e a tendência é que o Leão entre em campo novamente com um time alternativo. Já o Salgueiro joga no dia 4 de maio no primeiro duelo pela disputa de terceiro lugar contra o Náutico.

O Salgueiro não precisou de muito tempo para mostrar que iria brigar até o fim pela vaga na final do Campeonato Pernambucano. Logo com um minuto, Berger tentou de cabeça e quase fez. O Sport respondeu com Mark, mas num chute sem direção, e o Carcará mostrou como se faz aos sete minutos. Em bela jogada individual, Moreilândia passou com facilidade por Serginho e Renê, invadiu a área e mandou uma bomba sem chances para Danilo Fernandes, abrindo o placar. O Leão teve três chances seguidas de empatar com Vinícius Araújo, mas o camisa 9 falhou em todas. E o Salgueiro podia ter ido para o intervalo em melhores condições. Piauí obrigou Danilo Fernandes a fazer um milagre e Rogério Paraíba acertou o travessão no último lance do primeiro tempo.
Sport e Salgueiro só tiveram uma boa chance de marcar cada, num fraco segundo tempo. O Carcará obrigou Danilo Fernandes a fazer uma excelente defesa em chute de Piauí. Do outro lado, Vinícius perdeu oportunidade na entrada da pequena área. Com a possibilidade de pênaltis chegando, os dois times tiraram o pé na reta final e se contentaram em decidir a vaga nas cobranças.
Com um bom aproveitamento, o Sport só perdeu um - com Gabriel Xavier - e venceu o Salgueiro, que teve Toty e Marcos Tamandaré errando. Durval, Luiz Antônio, Everton Felipe, Mark González e Samuel Xavier converteram suas cobranças.
Por GloboEsporte.com

domingo, 24 de abril de 2016

Com vantagem mínima, Sport enfrenta Salgueiro valendo vaga na final do PE

Mark González Sport x Salgueiro (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
(Foto: Aldo Carneiro)
Depois de um jogo muito disputado na última quinta-feira, Sport e Salgueiro voltam a se enfrentar às 16h deste domingo, no Cornélio de Barros, para definir quem avança para a grande final do Campeonato Pernambucano. Como venceu a partida de ida por 1 a 0, o Leão entra em campo jogando por qualquer resultado de empate. O Cacará precisa vencer por dois gols de diferença para avançar. Caso os sertanejos superem o Rubro-negro por diferença de um gol, a partida será decidida nos pênaltis. O Estadual não  conta os gols marcados na casa do adversário como critério de desempate.

Ainda sem um treinador, já que Falcão foi demitido no início da semana, o Sport será mais uma vez comandado por Thiago Gomes, que era auxiliar e assumiu de forma interina. Ele tentou mostrar aos jogadores na preparação que a vantagem não pode ser levada em consideração quando a bola rolar. O exemplo do jogo contra o Campinense foi muito utilizado. O Sport também venceu por 1 a 0, mas no jogo da volta perdeu pelo mesmo placar e foi eliminado nos pênaltis. 

A equipe do Salgueiro não teve muito tempo para se preparar para o jogo. O grupo, que chegou do Recife na sexta, fez o único treino antes da partida na manhã de sábado. O técnico Sérgio China realizou um recreativo e fez com que os jogadores treinassem pênaltis, para uma possível decisão nas cobranças.O treinador do Carcará demonstra tranquilidade e confiança para reverter a vantagem de um gol do Leão.
O jogo acontece às 16h e terá como árbitro Gleydson Leite, que será auxiliado por Clóvis Amaral e Marcelino Castro. 
Com informações do GloboEsporte.com

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Sport quebra jejum, vence Salgueiro e sai na frente na semi do Estadual

Mark González Sport x Salgueiro (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
(Foto: Aldo Carneiro)
Depois de quatro jogos de jejum, o Sport enfim conseguiu vencer o Salgueiro. Na tarde desta quinta-feira, no primeiro encontro dos dois na semifinal do Campeonato Pernambucano, o Leão fez o simples e derrotou o Carcará por 1 a 0 na Ilha do Retiro. Vindo de uma eliminação na Copa do Nordeste e da demissão do técnico Paulo Roberto Falcão, o rubro-negro consegue amenizar a crise mesmo sem jogar bem e sai na frente na disputa por uma vaga na final. 

O jogo da volta  acontece no próximo domingo, às 16h, no Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro. Com a vitória na Ilha do Retiro, o Leão joga por qualquer empate. O Carcará precisa vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis e por pelo menos dois para avançar. 

O Sport começou o jogo tentando mostrar que já tinha esquecido a eliminação no Nordestão. Em menos de dez minutos, criou duas boas chances, com Lenis e Serginho, mas foi aos 13 que a rede balançou. Em jogada que começou pela esquerda e teve falha do goleiro Gleybson depois de cruzamento de Renê, Samuel Xavier pegou o rebote e mandou para Vinícius Araújo, que chutou e viu a bola desviar nos defensores do Carcará antes de entrar. O gol acordou o time sertanejo, que passou a chegar mais no ataque, mas sem muito perigo. Tirando a falta cobrada por Rogério e defendida por Danilo, aos 27, não fez muito. O Leão ainda chegou ao segundo gol, novamente com Vinícius, mas o árbitro marcou impedimento corretamente, anulando o lance.  
Mais solto em campo, o Salgueiro passou a assustar mais no segundo tempo e quase empata aos 15 minutos. Depois de cruzamento de Cássio e uma grande indecisão de Henríquez e Danilo Fernandes, Lucas Piauí tocou na bola e o zagueiro do Leão se recuperou salvando em cima da linha. Com mais posse de bola, o Carcará rondou a área rubro-negra, que mostrou a mesma desorganização de outros jogos, mas não conseguiu assustar de forma efetiva e o placar acabou marcando 1 a 0. 
Por GloboEsporte.com

Engasgado e de ressaca, Sport revê carrasco Salgueiro na semifinal do PE

Sport x Salgueiro (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
(Foto: Aldo Carneiro)
Assim como aconteceu no ano passado, o Sport tentará curar a sua ressaca da eliminação no Copa do Nordeste, contra o Salgueiro. E novamente num cenário decisivo: a semifinal do Campeonato Pernambucano. Em 2015, o Leão foi eliminado pelo Bahia no Nordestão e uma semana depois enfrentou o Carcará. Caiu novamente. Agora, o tempo é menor, mas os estragos foram grandes. Depois de  cair diante do Campinense, no último domingo, os rubro-negros demitiram o técnico Paulo Roberto Falcão e entram em campo para jogar contra o Salgueiro às 16h desta quinta-feira, na Ilha do Retiro. O jogo da volta acontece no domingo, no Estádio Cornélio de Barros. 

O Sport entra em campo tentando se recuperar do princípio de crise que se instalou no clube desde o último domingo. Sem conseguir jogar bem desde o início do ano, o Leão foi eliminado pelo Campinense na Copa do Nordeste e o técnico Paulo Roberto Falcão acabou sendo demitido. O seu auxiliar, Thiago Gomes, ficou no clube comanda a equipe de forma interina nesta quinta. Enquanto isso, a diretoria trabalha nos bastidores para contratar um novo treinador.

O Salgueiro tem sido considerado um dos grandes carrascos do Sport no último ano. Além de ter eliminado o Leão nas semifinais do Campeonato Pernambucano do ano passado, venceu os dois confrontos nesta temporada, com vitórias por 1 a 0 no Cornélio de Barros e na Ilha do Retiro.

O jogo entre Sport e Salgueiro acontece às 16h desta quinta-feira e terá a arbitragem de Tiago Nascimento dos Santos, com Cleberson Nascimento Leite e Fabrício Leite Sales como seus auxiliares. 

Com informações do GloboEsporte.com

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Para China, adiamento do jogo da semana passada ajudou a Ferroviária

Sérgio China Salgueiro (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
(Foto: Aldo Carneiro)
Para o técnico Sérgio China, a eliminação do Salgueiro na Copa do Brasil  começou a ser definida na semana passada, quando a partida contra a Ferroviária foi adiada. O jogo deveria ter acontecido no dia 6, mas, alegando questão de logística, a CBF alterou a data do confronto. Nesta quarta-feira, o time pernambucano não conseguiu fazer o dever de casa e ficou no empate de 1 a 1 com a Locomotiva, resultado favorável à equipe paulista, que na próxima fase encara o Fluminense. 

 – A gente começou a perder na quarta-feira passada quando não teve o jogo. A partir daí você vê que a coisa é administrada para criar uma situação para vir uma melhor equipe deles, arruma as desculpas, mas nós sabemos como são as coisas do futebol, como é direcionado – afirma Sérgio China.

Em relação ao jogo, o treinador do Salgueiro lamentou o gol tomado pelo Carcará, aos 13 minutos do primeiro tempo. 
 – Durante a palestra eu falei que a única coisa que não poderia acontecer aconteceu, que era o gol. Ficava muito mais difícil jogar contra uma equipe qualificada, experiente, que sabe administrar o jogo. A arbitragem também veio para isso, para administrar um resultado de empate – reclama o treinador. 
Contando as três participações do Salgueiro na Copa do Brasil, a edição deste ano foi a única na qual o Carcará se despediu da competição nacional ainda na primeira fase. 
Por GloboEsporte.com

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Ferroviária empata com Salgueiro e segue para 2ª fase da Copa do Brasil

Salgueiro x Ferroviária (Foto: Ednardo Blast/ TV Grande Rio)
(Foto: Ednardo Blast/TV Grande Rio)
Em busca de uma vaga na segunda fase da Copa do Brasil, Salgueiro e Ferroviária entraram no campo do Cornélio de Barros, nesta quarta-feira. Depois do jogo ser adiado em uma semana, a Locomotiva conseguiu chegar ao Sertão pernambucano com o time completo e levou a melhor. O time que tinha a vantagem do empate, conseguiu abrir o placar e segurar a reação do Salgueiro. O resultado de 1 a 1 garantiu ao time paulista, a continuidade na competição.

Na próxima rodada, a Ferroviária enfrenta o Fluminense, com data e local a serem definidos. Já o Salgueiro se despede da competição e concentra suas forças no Campeonato Pernambucano, onde disputa a semifinal contra o Sport. 

O Salgueiro entrou em campo determinado a conseguir no mínimo um gol para levar a decisão para os pênaltis. Logo aos cinco minutos de jogo o time quase abriu o placar, mas o goleiro da Ferroviária, Rodolfo fez bela defesa. Mas, o goleiro que não pôde ajudar muito o seu time foi Mondragon, que sentiu e desfalcou o Carcará aos nove minutos. Mesmo assim, a equipe pernambucana deu trabalho ao time paulista colocando pressão no ataque. 

Com dificuldade de finalizar, o Carcará acabou abrindo espaço para os contra-ataques da Locomotiva. Fernando Gabriel, com oportunismo aproveitou trapalhada da defesa do Salgueiro e marcou aos 13 minutos. A façanha fez o time paulista se recuar ainda mais para tentar segurar o placar. Por outro lado, o Salgueiro ficou ainda mais desfalcado, quando aos 21 minutos Ranieri deixou o campo para dar lugar a Rogério.
Na segunda etapa da partida, o time pernambucano continuou buscando o ataque, mas o problema de finalização continuou. Essa história só mudou quando Cássio aproveitou sobra de falta de Marcos Tamandaré e deixou tudo igual. O empate mexeu com os ânimos das duas equipes, tanto que aos 27 minutos, Renan foi expulso e desfalcou a Locomotiva, mas Rodolfo Potiguar, já no fim do jogo, também deixou o Carcará na mão. Mesmo com as investidas do Salgueiro, o jogo terminou mesmo empatado com o placar de 1 a 1. 
Por GloboEsporte.com

Salgueiro e Ferroviária disputam vaga da segunda fase da Copa do Brasil

Salgueiro x Santa Cruz  Cornélio de Barros TR (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
(Foto: Aldo Carneiro)
Depois de adiada por uma semana, a partida entre Salgueiro e Ferroviária acontece nesta quarta-feira, às 20h30 no estádio Cornélio de Barros. Envolvidas em outras competições, as duas equipes querem a façanha de seguir também para a segunda fase da Copa do Brasil e por isto, a partida será decisiva. O time paulista está mais próximo de chegar lá, já que na primeira partida, em Araraquara, venceu os pernambucanos por 1 a 0. Para o Carcará, só a vitória por dois gols de diferença garante a classificação, caso consiga vencer por 1 a 0, a decisão será nos pênaltis.
A partida será arbitrada pelo gaúcho Francisco de Paula dos Santos Silva Neto, auxiliado pelos baianos Elicarlo Franco de Oliveira e Adailton José de Jesus Silva.
Classificado na segunda posição para as semifinais do Campeonato Pernambucano, o Salgueiro quer fazer bonito também na Copa do Brasil. Para isso, o técnico Sérgio China aposta no equilíbrio e inteligência do time para garantir ao menos um gol, que levaria a decisão para os pênaltis. Mesmo tendo que reverter a vantagem do adversário, ele garante que o time está confiante no resultado positivo.
Mais aliviada após a permanência na Série A1 do Campeonato Paulista, a Ferroviária, que tinha deixado a Copa do Brasil em “segundo plano” por causa das rodadas finais do estadual, voltou à carga nesta semana de olho no jogo de volta contra o Salgueiro. Se a partida tivesse sido realizada na semana passada, a Locomotiva estaria apenas com reservas e atletas das categorias, e seria comandada pelo técnico da equipe Sub-20, Tiago Nunes.
Com informações do GloboEsporte.com