segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Sebastião Rufino Filho apita partida entre Náutico e Salgueiro

Sebastião Rufino Filho árbitro (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
(Foto: Aldo Carneiro)
Valendo a liderança do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano, a partida entre Náutico e Salgueiro, pela terceira rodada, será apitada por Sebastião Rufino Filho. O juiz de 37 anos será auxiliado por Bruno César Chaves Vieira e Cleberson Nascimento Leite. As equipes se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena Pernambuco. 

Após vencer Santa Cruz e Central, por 2 a 0, o Náutico está na liderança do Hexagonal do Título. O Salgueiro também está invicto, tendo vencido o Sport na estreia e empatado com o Tricolor do Arruda na rodada seguinte. O Carcará ocupa a segunda posição da tabela.

Por GloboEsporte.com

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Sem folga, folia do time do Salgueiro é no treino e concentrado

Treino Salgueiro  (Foto: Ednardo Blast/ TV Grande Rio)
(Foto: Ednardo Blast)
Com dois jogos importantes pela frente, quarta-feira contra o Náutico, pelo estadual na Arena Pernambuco, e a partida de estreia no Nordestão no sábado, também fora de casa com o Imperatriz, o Carcará não tem tempo para folgar e os dias de Carnaval serão de treino e concentração. 

No final de semana, Sérgio China e sua comissão técnica, puxam o treino no período da tarde, já nos dois dias que antecedem a partida pelo Pernambucano, a preparação será pela manhã com a viagem para Recife marcada para logo depois. 

Após o jogo contra o Náutico e com a proximidade entre as partidas do estadual e Copa do Nordeste, o Salgueiro terá um ritmo de treinamento mais intenso e em dois turnos. Na véspera do jogo, à tarde, o treinamento já acontece em terras maranhenses. Descanso e dia inteiro de folga, só no domingo dia 14 de fevereiro. 
Por GloboEsporte.com

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

GOLS: Santa Cruz 1 x 1 Salgueiro


Santa Cruz e Salgueiro fazem jogo equilibrado e empatam no Arruda

Santa Cruz x Salgueiro (Foto: Adelson Costa / Pernambuco Press)
(Foto: Adelson Costa)
O Salgueiro começou bem, mas depois recuou demais. Mesmo assim não foi desta vez que o Santa Cruz se recuperou no Campeonato Pernambucano. Após perder na estreia por 2 a 0 para o Náutico, os corais bem que tentaram, mas só empataram contra o Carcará, em partida que foi a reedição da final de 2015. O placar de 1 a 1 no Estádio do Arruda foi construído com gols de Cassio Ortega para os sertanejos, com Grafite descontando para os donos da casa. Com o placar, o Carcará foi aos quatro pontos, na vice-liderança do Hexagonal do Título. A Cobra Coral está na quarta posição, com apenas um ponto.

Sonolento e totalmente apático. Foi da mesma forma que o Santa Cruz jogou contra o Náutico que iniciou a partida contra o Salgueiro. O Carcará se aproveitou e abriu o placar logo aos dois minutos, com Cassio Ortega, e perdeu outras duas boas chances. A Cobra Coral demorou muito para acordar e só melhorou no final da primeira etapa. Só no segundo tempo, graças às alterações feitas por Marcelo Martelotte - que corrigiu erros e deixou o time mais ofensivo - foi que o Santa melhorou. Após muito insistir, Grafite empatou. Mas, apesar de atacar bastante, o time abusou de perder oportunidades e não conseguiu alterar o marcador.
O Santa Cruz volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, às 20h30, contra o América, no Estádio do Arruda. O Salgueiro joga um dia antes, contra o Náutico, na Arena Pernambuco, às 21h30.
Com informações do Globo Esporte.com

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Santa Cruz e Salgueiro se encontram no Arruda em reedição de final


Em reedição da final de 2015, Santa Cruz e Salgueiro se reencontram no Arruda nesta quinta-feira, às 20h30. Se na primeira rodada as equipes já tiveram duelos duros - os corais, contra o Náutico, e os sertanejos, ante o Sport - este jogo também promete. Afinal, é a reedição da final do Campeonato Pernambucano de 2015. Naquela ocasião, a Cobra Coral bateu o Carcará no mesmo palco do duelo desta noite, por 1 a 0, gol de Anderson Aquino, na segunda partida decisiva, levando o título. De lá pra cá, muita coisa mudou.


Arruda (Foto: João Pedro (Pernambuco Press))
(Foto: João Pedro)

O Santa Cruz está atrás do Salgueiro na tábua de classificação. Os corais tiveram um dia para esquecer na estreia e perderam logo em um clássico, diante do Náutico, pelo placar de 2 a 0, na Arena Pernambuco. O time precisa se recuperar o quanto antes e o técnico Marcelo Martelotte escondeu a escalação a sete chaves. Só vai divulgar como o Santa entra em campo momento antes do duelo, mas adiantou que o time não sofrerá mudanças drásticas.

O Carcará vai tentar manter a boa impressão que deixou após a estreia vitoriosa no Pernambucano, diante do Sport. Colocando o favoritismo para o rival, o técnico Sérgio China espera que sua equipe volte a surpreender um dos grandes de Recife. O treinador descarta qualquer sentimento de revanche para o jogo por causa da final de 2015. E o clima só não é melhor por conta da lesão do goleiro Luciano, que só volta aos gramados na Série C.


Por Globo Esporte.com

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

GOL: Salgueiro 1 x 0 Sport


Destaque contra o Sport, Luciano está fora do Campeonato Pernambucano

Luciano, Salgueiro 2016 (Foto: Reprodução /Facebook)
(Foto: Reprodução/Facebook)
Um dos destaques do Salgueiro na vitória de 1 a 0 contra o Sport, na estreia do Campeonato Pernambucano, o goleiro Luciano vai desfalcar o time na sequência do estadual. Nos minutos finais do confronto de domingo, o camisa 1 dividiu uma bola no alto com Túlio de Melo e terminou fraturando a mão esquerda. 
O jogador de 32 anos passa por uma cirurgia nesta segunda-feira, no Hospital Regional de Salgueiro. De acordo com o médico do clube, Carlos Frederico de Barros, Luciano só volta a defender o Carcará durante o Campeonato Brasileiro da Série C. 
– Luciano está fora do Campeonato Pernambucano. Ele teve uma fratura no osso ulnar do antebraço esquerdo. Ele volta tranquilo para Série C. Estamos colocando (a volta) em três meses por causa da função dele. Goleiro tem que ter uma recuperação melhor – explica o médico. 
Segundo doutor Carlos, a permanência de Luciano em campo poderia ter agravado a lesão. Como o técnico Sérgio China já havia feito as três substituições, o goleiro seguiu na partida até o apito final. 
– Ele não tinha mais condições de estar ali em campo. Eu, por mim, tinha tirado, mas ele não queria sair, até porque nós não tínhamos mais substituições. Ele quis permanecer, mas sabia que não ia aguentar, tanto que caiu outra vez. Se o Sport tivesse chutado a gol, poderia ter empatado e virado o jogo – afirma. 
As quedas do goleiro, inclusive, foram alvos de reclamações de Falcão, após o jogo. Segundo o treinador, o árbitro poderia ter sido mais generoso nos acréscimos. 
– Eles fizeram 1 a 0 e seguraram o jogo… Até acho que os seis minutos de acréscimos foi pouco, mas não vou lamentar tanto isso, porque não fizemos gol em 90 minutos. Um ou dois minutos a mais não iriam fazer tanta diferença. O goleiro também caiu muito. Depois, se levantava e caía mais uma vez – reclamou. 
Em sua 11ª temporada com a camisa do Salgueiro, Luciano não poderá mais ajudar o time dentro de campo no Pernambucano. Em sua página do Facebook, o goleiro, que em 2015 foi considerado o melhor da posição no estadual, agradeceu as mensagens de apoio que recebeu dos torcedores. 
Por GloboEsporte.com

Após vitória, China cita diferença financeira entre Salgueiro e Sport


A estreia do Salgueiro no Campeonato Pernambucano não poderia ter sido melhor para o clube sertanejo. Jogando no estádio Cornélio de Barros, o Carcará segurou o Sport e venceu a partida por 1 a 0. O gol da vitória foi marcado por Cássio Ortega, aos 12 do primeiro tempo, após um cruzamento de Marco Tamandaré, pela direita. A postura do time foi elogiada pelo técnico Sérgio China, que lembrou a diferença orçamentária das duas equipes. 


Sérgio China (Foto: Emerson Rocha)
(Foto: Emerson Rocha)
– Não vou escolher o nome, mas um atleta do Sport paga toda a folha do Salgueiro, sem contar o treinador, que deve pagar uns três meses da nossa folha. Mas, é como eu falei antes, o jogo se resolve dentro do campo. Eles têm que acreditar nessa possibilidade de você poder vencer uma equipe como o Sport – afirmou Sérgio China a uma rádio de Salgueiro.
De acordo com o treinador, o Salgueiro não pode se acomodar com o resultado conquistado contra o Sport. Sérgio China também explicou o motivo do recuo do time no segundo tempo. 
– O que nós temos que ter é os pezinhos no chão. Nossa equipe não é uma equipe que está classificada, foi um jogo só. O Sport foi muito bem na segunda parte. Nós sabíamos que íamos ter o desgaste dos atletas, que é normal, e essa nossa recuada foi também pela imposição da equipe do Sport - explica. 
Por GloboEsporte.com

domingo, 31 de janeiro de 2016

Salgueiro apronta para cima do Sport e vence na estreia do Pernambucano

Na rodada de abertura do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano, o Sport foi não jogou o suficiente para bater o Salgueiro. Dentro de casa, usando a força a torcida - e levando vantagem no forte calor - o Carcará aprontou de novo para cima de Leão e venceu por 1 a 0, com gol de Cássio Ortega. A última vez que as duas equipes tinham se enfrentado foi nas semifinais do Estadual de 2015, quando os sertanejos eliminaram o Leão.  
Salgueiro x Sport (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife.)
(Foto: Williams Aguiar)
 Na segunda rodada do Hexagonal do Título, o Sport recebe o América-PE na Ilha do Retiro, na próxima quarta-feira às 21h30. Já o Carcará vai até o Arruda na próxima quinta-feira enfrentar o Santa Cruz às 20h30.
O Sport jogou bem abaixo do esperado e o Salgueiro, com maior posse de bola, tomou as rédeas da partida. Logo aos 12 minutos, Cássio Ortega aproveitou um cruzamento de Marcos Tamandaré para abrir o placar. Inofensivo , o Leão só veio melhorar - pouco, é verdade - no segundo tempo. Com Túlio de Melo, os rubro-negros tiveram duas boas chances, mas o goleiro Luciano conseguiu evitar o gol (uma vez, com o pé e outra, com a mão direita) e salvar o Carcará. No geral, os sertanejos foram melhores.
Por Globo Esporte.com

Sport reencontra Salgueiro depois de eliminação precoce em 2015

No ano passado, o Sport entrou na disputa do Campeonato Pernambucano buscando o bicampeonato. O Salgueiro queria ser o primeiro time do interior a ficar com a taça. Os dois se cruzaram na semifinal e apesar de ter um orçamento bem menor, coube ao Carcará ficar com a vaga na final. A eliminação abriu um período de crise na Ilha do Retiro e a paz só voltou ao local com a boa campanha na Série A do Campeonato Brasileiro. Sete meses depois, quis o destino que os dois se reencontrassem na estreia do Campeonato Pernambucano deste ano. E com objetivos parecidos.
Sport x Salgueiro (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)
(Imagem: Aldo Carneiro)

O Carcará, que não foi campeão no ano passado - perdeu a final para o Santa Cruz - segue com a ideia de levar o troféu para o interior pela primeira vez. O Sport, por sua vez, busca retomar o caminho dos títulos e para isso resolveu investir mais do que no início do ano passado, quando fez poucas contratações para o primeiro semestre.


Apesar da lembrança recente de eliminação para o Salgueiro, o tema "revanche" foi descartado durante toda a semana na Ilha do Retiro. Com um time bastante modificado, os jogadores preferiram exaltar o novo ano e esperam reescrever a história com a conquista. Esta será a primeira vez do técnico Paulo Roberto Falcão e de vários jogadores, como os gringos Reinaldo Lenis e Mark González, no Campeonato Pernambucano.

Sem ver o time desde a eliminação na Série C do Brasileiro, em outubro, o torcedor do Salgueiro vai poder matar a saudade da equipe neste domingo, justamente contra um rival que traz excelentes recordações para o Carcará. Se em 2015 o tricolor salgueirenses garantiu a vaga na inédita final do Pernambucano contra o Sport, agora os comandados de Sérgio China querem passar pelo Leão da Ilha para largar bem no estadual.
Por GloboEsporte.com