segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Evandro Guimarães exalta vontade do Carcará, mas lamenta empate em casa

Evandro Guimarães, Salgueiro (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
(Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
O empate de 2 a 2 contra o Cuiabá deixou um gostinho amargo no grupo do Salgueiro. Mesmo ficando duas vezes atrás do placar, o time teve mais controle do jogo, igualou o marcador e por pouco não saiu do estádio Cornélio de Barros com a vitória. Com o resultado final, o Carcará subiu para sexta posição, ficando a cinco pontos do G-4 e a quatro pontos do Z-2.   
– Infelizmente tentamos até o final, conseguimos empatar o jogo. Depois foi pressão a todo momento. Acho que não foi nem felicidade do goleiro dele, foi a trave mesmo que salvou. Umas três bolas na trave. Poderíamos ter saído até com quatro gols, 4 a 2. Mas futebol é assim, quem não faz… Eles foram uma, duas vezes e fizeram os gols. Mas agora não tem que chorar no leite derramado. É se preparar para o jogo contra o Fortaleza, que vai ser muito difícil – disse o meia Cássio.
O técnico Evandro Guimarães lamentou a forma como os dois gols do Cuiabá foram feitos. No entanto, o treinador elogiou a garra da equipe durante os 90 minutos. 
– Uma partida difícil. Tomamos um gol praticamente do meio campo. Depois um gol de pênalti, uma bobagem, que foi um descuido mesmo, coisas que acontecem. Nossa equipe foi uma equipe dedicada. Ninguém pode cobrar o suor, a entrega, a transpiração de todos os jogadores. Eles foram firmes no propósito do jogo – avalia Evandro.
 Mesmo acreditando que sua equipe poderia ter saído de campo com os três pontos, Evandro destacou o fato de não ter deixado o Cuiabá subir na tabela. Caso saísse com a vitória, o Dourado ultrapassaria o Carcará na tabela.
– E assim, o Cuiabá vencendo ia crescer um pouco na competição. Deixamos ele lá embaixo. Jogamos com equipe desfalcada, mas os atletas corresponderam. Buscamos o tempo todo a vitória. Tivemos uma faixa de dez, 12 escanteios. A bola bateu na trave duas vezes e não entrou. Mas acontece. No futebol é assim. Não é fácil. Essa divisão é uma divisão difícil e nós temos que ter muita tranquilidade para trabalhar.
O Salgueiro agora parte para fazer os dois próximos jogos fora de casa. Primeiro, o time visita o Fortaleza e depois vai até Belém jogar contra o Remo. Para o treinador do Carcará, caso a equipe mostre o mesmo desempenho apresentado contra o Cuiabá é possível conquistar pontos longe do Cornélio de Barros.
- Se nos jogarmos com essa dedicação, essa entrega, nós vamos buscar pontos fora de casa. Nós já maturamos essa ideia e temos que ir mesmo buscar pontos fora, mas não é fácil. 
Por GloboEsporte.com

domingo, 21 de agosto de 2016

Em jogo equilibrado, Cuiabá sai na frente e Salgueiro busca empate

Salgueiro e Cuiabá se enfrentaram pela 14ª rodada da Série C do Brasileirão e ficaram no empate em 2 a 2, no Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro, no Sertão pernambucano. Juba e Tiago Amaral marcaram para o Cuiabá e Rodolfo Potiguar e Piauí fizeram para o Carcará.

Salgueiro x Cuiabá, Série C (Foto: Ednardo Blast/ TV Grande Rio)
(Foto: Ednardo Blast/ TV Grande Rio)
Com o resultado o time pernambucano chega ao sexto lugar no grupo A com 17 pontos e o Dourado vai aos 14 pontos na oitava colocação.
A duelo começou com o Salgueiro fazendo valer o mando de campo e indo para cima do Cuiabá. Apesar do bom voluma de jogo do Carcará, o Cuiabá se portou bem na defesa e quando chegou ao ataque levou perigo, tanto que abriu o placar aos 42 com um petardo de Juba de fora da área. Depois do gol sofrido o Salgueiro pressionou o Dourado e foi recompensado com um gol nos acréscimos de Rodolfo Potiguar em cobrança de falta.
Na segunda etapa o ritmo foi o mesmo. Logo no primeiro minuto o Salgueiro quase virou o placar com Álvaro acertando a trave do gol defendido por Henal. Aos 12 foi a vez de Henal salvar o Cuiabá defendendo cabeçada de Álvaro. O Dourado novamente segurou a pressão inicial e voltou a ficar a frente no placar com Tiago Amaral convertendo cobrança aos 21. Esse foi o quarto gol do atacante com a camisa do Cuiabá e o quarto de pênalti. Novamente o Carcará teve que buscar o resultado e conseguiu o empate com Piauí, que tinha acabado de entrar, desviando a bola para o fundo do gol após cobrança de escanteio. As duas equipes ainda tiveram mais uma chance clara, mas os goleiros levaram a melhor.
Na próxima rodada o Salgueiro pega o Fortaleza fora de casa no sábado, às 16h (de Brasília), na Arena Castelão na capital cearense. O Cuiabá pega o ASA-AL no próximo domingo, mas antes faz sua estreia na Sul-Americana diante da Chapecoense na quinta-feira, às 18h (de MT), na Arena Pantanal, em Cuiabá.
Por GloboEsporte.com

terça-feira, 16 de agosto de 2016

GOLS: América-RN 2 x 0 Salgueiro



Salgueiro não resiste e perde para o América em Natal

Gol de Luiz Eduardo - América-RN x Salgueiro Arena das Dunas Série C (Foto: Canindé Pereira/América FC/ Divulgação)
(Foto: Canindé Pereira)
América-RN e Salgueiro fizeram o primeiro jogo da 13ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, neste sábado, na Arena das Dunas. As duas equipes chegaram ao confronto em situações parecidas e buscavam encostar no G-4 . Enquanto o Carcará ocupava a 6ª posição, o Mecão era o 7º colocado. Jogando em casa, o América-RN soube aproveitar o incentivo da torcida e com gols de Luiz Eduardo e Lúcio Curió voltou a vencer. 

Com o resultado, o América-RN subiu uma posição e agora ocupa o 6º lugar na tabela. Já o Salgueiro caiu para a 7ª colocação. Na próxima rodada, o América-RN enfrenta o ASA no Municipal Arapiraca. Já o Salgueiro recebe o Cuiabá, no Cornélio de Barros. 

Antes mesmo da bola rolar, o América-RN foi surpreendido com a mudança na escalação do time. O goleiro Daniel, que sofreu uma lesão no ombro direito ficou de fora do jogo. No aquecimento ele reclamou de dores e acabou no banco de reservas. Ewerton acabou assumindo a posição titular, mas acabou não tendo muito trabalho, já que o Salgueiro criou poucas oportunidades de gol na partida.
O Mecão entrou em campo determinado a fazer a alegria da torcida que esteve na Arena das Dunas. Logo no início do jogo, em jogada de Diego Silva e Alex Henrique, o volante chegou sozinho ao gol, mas acabou chutando para fora. Depois foi a vez de Memo mandar uma pancada e assustar o goleiro do Salgueiro, Luciano. 
A insistência do time, tardou mas não falhou. Aos 26 minutos, em cobrança de falta de Gleidson, Luciano espalmou a bola, mas ela acabou nos pés de Luiz Eduardo que abriu o placar. Depois do gol, o jogo ficou morno e só aos 42 minutos, o Salgueiro teve chance clara de empatar, quando Wanderson recebeu na entrada da área e bateu forte. Mas Ewerton entrou em ação e fez boa defesa.
No segundo tempo, o Carcará entrou melhor em campo e logo no início, em cobrança de escanteio, todos os jogadores foram para área na tentativa de empatar o jogo. Não deu certo! Ewerton estava atento e afastou o perigo. Quem também ficou esperto foi Lúcio Curió, que com oportunismo ampliou para o América-RN, aos 31 minutos. Com o placar definido, já nos minutos finais do jogo, Arthur Henrique e Ranieri se desentenderam e acabaram expulsos. Mas apesar dos ânimos exaltados, o jogo terminou mesmo em 2 a 0 para o América-RN.
Com informações do GloboEsporte.com

Jogo contra o América-RN pode levar o Salgueiro ao G4 ou aproximar do Z-2

Salgueiro, mascote (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
(Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
O jogo contra o América-RN, no sábado, às 16 horas, na Arena das Dunas, pode reacender as esperanças do Salgueiro de voltar ao G-4 do Grupo A ou ligar o alerta da equipe pernambucana em relação à zona de rebaixamento. Com 16 pontos, o Carcará ocupa a sexta posição. Vencendo, o time pode terminar a 13ª rodada no pelotão dos quatro melhores, mas, caso saia de campo com o empate ou a derrota, e Cuiabá e River-PI vençam seus desafios, verá a distância para o Z-2 diminuir para três ou quatro pontos. 

Vindo de derrota dentro de casa para o ASA, o Salgueiro enfrenta um adversário que também não vive um grande momento na Série C. O América-RN não vence há quatro rodadas, está na sétima posição, a seis pontos do G-4 e a 3 do Z-2. O técnico do Carcará, Evandro Guimarães, resume bem a importância do confronto para os dois times. 
– É o jogo da vida deles. Nós temos que jogar também o jogo da nossa vida – afirma Evandro Guimarães.
Por GloboEsporte.com

GOL: Salgueiro 0 x 1 ASA


domingo, 7 de agosto de 2016

Salgueiro perde invencibilidade em casa na Série C e chance de voltar ao G4

Salgueiro X ASA (Foto: Jânio Barbosa / Arquivo Pessoal)
(Foto: Jânio Barbosa)
Salgueiro e ASA fizeram um jogo truncado e de poucas chances na tarde deste domingo, no Estádio Cornélio de Barros, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Com muitos erros e sem criatividade, o Alvinegro apostou em jogada de bola parada e, aos 34 minutos do segundo tempo, Klenisson aproveitou a cobrança de falta e desviou para marcar o único gol da partida. O detalhe é que o resultado derrubou a invencibilidade do Carcará em casa nesta Terceirona.
O Salgueiro segue na sexta colocação, com 16 pontos. Com a vitória na casa do adversário, o ASA agora soma 19 pontos e voltou ao G-4. No próximo sábado, o Salgueiro encara o América-RN. O jogo, pela 13ª rodada, está marcado  para as 19h, na Arena das Dunas, em Natal. No domingo, às 17h, o ASA visita o River-PI, no Estádio Albertão.
Salgueiro e ASA fizeram um primeiro tempo de pouca criatividade e de muitos passes errados. O Carcará até teve o domínio das ações, mas pecou na conclusão e pouco assustou o goleiro Thiago Braga. O principal lance de perigo saiu dos pés de Cássio, mas o arqueiro alvinegro fez a defesa. Wanderson, jogador mais acionado pelo lado pernambucano, arriscou nas jogadas individuais, mas esbarrou na marcação alvinegra. O time arapiraquense assustou o goleiro Luciano apenas nos minutos finais da primeira etapa. Reinaldo Alagoano perdeu uma chance incrível, cara a cara com o camisa 1, que fez uma bela defesa.
No segundo tempo, as equipes voltaram com a mesma postura e fizeram um jogo truncado. O Salgueiro continuou pecando nas jogadas ofensivas. O ASA apostou nas jogadas de bola parada, e aos 32 minutos, Klenisson aproveitou a cobrança de falta e desviou para marcar o gol da vitória alvinegra. A partir daí, os pernambucanos avançaram, mas, de forma desordenada, não conseguiram furar o bloqueio alvinegro. Nos acréscimos, o goleiro Thiago Braga fez um milagre e segurou o resultado para o time alagoano.
Com informações do GloboEsporte.com

De olho no retorno ao G4, Salgueiro espera vencer o ASA pela Série C

Salgueiro realiza seu último treino antes do jogo contra o ASA (Foto: Ednardo Blast/ TV Grande Rio)
(Foto: Ednardo Blast/ TV Grande Rio)
Salgueiro e ASA se enfrentam neste domingo, pela 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, às 16 horas. As duas equipes chegam ao confronto com objetivos semelhantes. O Carcará ocupa a 6ª colocação na tabela do grupo A, com 16 pontos. Mesma quantidade de pontos do Alvinegro, que está em 5º lugar. Por isso, os dois times precisam dos três pontos, para tentar um retorno ao G4.  
O Salgueiro vem no embalo de uma vitória na última rodada conta o ABC, enquanto os alagoanos tiveram empate como último resultado. Mesmo com a motivação a mais, o técnico do Carcará, Evandro Guimarães prefere não contar com o retrospecto recente como diferencial.
- Nossa motivação é desde início. A vitória melhora o ambiente, mas amanhã o jogo é outro e vamos atrás - garante o treinador.
No último treino da equipe, Evandro fez mistério e não permitiu que a imprensa registrasse o treino tático. Para o jogo, ele deve fazer algumas alterações na escalação, já que Luiz Paulo e Tamandaré estão afastados pelo departamento médico. Em contrapartida, o técnico pode contar com Wanderson, já regularizado.
O Salgueiro deve entrar em campo com: Luciano, Toty, Raniere, Rogério, Daniel, Moreilândia, Rodolfo, Cássio, Piauí, Tatu e Wanderson.
Por GloboEsporte.com

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

CLASSIFICAÇÃO: Salgueiro pode voltar ao G4 na próxima rodada

(Foto: Reprodução/ GloboEsporte.com)


A vitória diante do ABC por 1 a 0 na última segunda-feira no Cornélio de Barros pela Série C, não só trouxe ao Salgueiro, o alívio de ter voltado a triunfar na competição após três rodadas, mas também uma reaproximação do time ao G4 do grupo A. 

Agora só um ponto separa os sertanejos da zona de classificação para a próxima fase. O Carcará do Sertão ocupa o sexto lugar, com 16 pontos, a mesma pontuação do ASA, quinto colocado. Os alagoanos são melhores no critério de gols marcados, 10 a 7. O Remo, quarto lugar, tem 17 pontos.

O Carcará vai ter pela frente agora, o ASA, no Conélio de Barros. Uma vitória dos pernambucanos, somada a um tropeço do Remo, que vai enfrentar o River, ou mesmo do ABC, que vai ter um confronto direto contra o Botafogo-PB, levará o Salgueiro de volta ao grupo dos classificados. A rodada promete. Clique na imagem, e veja em tamanho ampliado, os próximos jogos e a classificação completa. 

Saiu no BID: regularizado, Wanderson pode reforçar o Salgueiro contra o ASA

Anunciado como reforço do Salgueiro para a sequência da Série C no dia 19 de julho, o atacante Wanderson teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário da CBF (BID)  e está liberado para enfrentar o ASA, na partida de domingo, no estádio Cornélio de Barros, pela 12ª rodada.
BID, Wanderson, Salgueiro (Foto: Reprodução/CBF)
(Foto: Reprodução/CBF)
Com a apenas sete gols marcados em 11 jogos, o Salgueiro tem o pior ataque da Série C. Emprestado pelo Paysandu até novembro, Wanderson vira mais uma opção para o técnico Evandro Guimarães e esperança para o torcedor salgueirense. 
A estreia de Wanderson pode ser, justamente, contra a equipe que lhe deu projeção no futebol. Em 2014, após marcar 13 gols com a camisa do ASA, o jogador se transferiu para a Ponte Preta. O atacante ainda tem passagem pelo Paraná e pelo futebol português. 
Por GloboEsporte.com